Creatina

A creatina é um nutriente que pode ser encontrado na carne e peixe, sendo que também pode ser produzida pelo nosso organismo a partir dos aminoácidos arginina, glicina e metionina. A creatina é combinada no nosso organismo com o fósforo e passa a chamar-se fosfocreatina, sendo esta uma das principais fontes de energia (ATP) dos músculos no exercício de alta intensidade.

A suplementação com creatina leva a um aumento de 10% a 40% das reservas de fosfocreatina nos músculos o que resulta num aumento do desempenho, força e massa muscular. No caso dos culturistas estes conseguirão manter o esforço por mais tempo e recuperar mais rápido, o que poderá levar a um ganho de força e massa muscular.

A toma de suplementos de creatina irá levar rapidamente a um aumento do peso corporal (logo a partir da primeira semana) e deve-se em muito ao facto de as células dos músculos passarem a absorver mais água. Por este motivo é muito importante que beba muita água (mais do que o habitual) de forma a conseguir fornecer toda a água que o seu corpo necessita. Geralmente, depois de deixar de tomar suplementos de creatina, irá perder peso devido às células dos músculos voltarem ao normal absorvendo menos água.

Efeitos secundários

O principal efeito secundário da creatina é o aumento de peso, porém este acaba por ser um efeito desejado pela maior parte dos culturistas. Alguns estudos referem também que alguns indivíduos apresentaram retenção de líquidos, cãibras e dores de estômago, no entanto, este acaba por ser um efeito secundário da desidratação, pelo que se beber a água necessária não deverá ter problema.

Promoção da semana!