Perder peso de forma mais rápida e segura
Bodyplus-Dieta

Quer perder peso e está a precisar de um empurrão! Então tomar um suplemento para emagrecer poderá ser a melhor solução. Mas antes de tomar essa decisão convém que saiba o que pode tomar porque não há nada mais importante do que a sua saúde.

Não se aventure a tomar um suplemento dietético porque alguém simplesmente lhe disse que funciona, informe-se primeiro e tome uma decisão fundamentada. Para além disso escolha sempre produtos comercializados por marcas reconhecidas, pois estas dão-lhe a garantia de que o produto não está contaminado com ingredientes que não constem no rótulo.

O que existe no mercado

Existem no mercado vários suplementos para perder peso, sendo que uns prometem e não cumprem! Outros cumprem mas têm muitos efeitos secundários e, por último, existem os que cumprem, mas que não são tão rápidos como os anteriores.

Não se esqueça desta máxima: se funciona e é muito rápido, então vai ter muitos efeitos secundários. Por isso cabe-lhe a si decidir se prefere perder peso de uma forma rápida sem segurança ou se prefere perder peso de forma saudável e sustentada!

De seguida, apresentamos alguns dos suplementos mais conhecidos:

  • CLA – O CLA (Ácido Linoleico Conjugado) permite reduzir a absorção dos ácidos gordos (triglicerídeos) pelas células da gordura e ao mesmo tempo incentivar a queima da gordura existente. Quando tomado nas doses recomendadas (3 a 3,2g por dia) não possui efeitos secundários.
  • Carnitina – A carnitina trata-se de um aminoácido que tem como função transportar os ácidos gordos para a mitocôndria, no entanto, não está provado que a suplementação com carnitina leva a uma redução efetiva do peso. Isto poderá ser explicado pelo facto de – não é por possuir mais «transportadores» que o corpo irá queimar mais do que precisa. A carnitina poderá assim ser mais adequada para atletas de endurance que procurem melhorar a sua performance.
  • Termogénicos – Tal como o nome indica estes suplementos têm como objetivo aumentar a temperatura do corpo e como tal, levar a que o nosso organismo gaste mais energia do que o habitual. Existem alguns ingredientes que conseguem esse objetivo ao estimularem o organismo, fazendo com que este trabalhe num ritmo muito acelerado. Contudo, estes suplementos acarretam uma série de efeitos secundários que poderão comprometer seriamente a sua saúde. A título de exemplo, uma das caraterísticas de quem toma termogénicos é estar constantemente a suar.

De seguida apresentamos alguns dos ingredientes mais utilizados nos termogénicos, para que possa escolher com segurança e tomar uma decisão informada. Mas não se esqueça que estão sempre a aparecer novos produtos com novos ingredientes, por isso, tenha cuidado!

Cafeína

A cafeína é um nutriente que pode ser encontrado em muitos alimentos como o chá verde ou o chocolate, porém o mais conhecido de todos é o café. A cafeína aumenta a agilidade e a concentração ao atuar no sistema nervoso central levando à libertação de adrenalina pelo corpo.

Para além do efeito mais conhecido da cafeína – a concentração – ela estimula a libertação de ácidos gordos para a corrente sanguínea. É por este motivo que a cafeína é um dos ingredientes mais usuais em suplementos dietéticos. O problema é que quando são ingeridas doses elevadas torna-se tóxica para o nosso organismo e daí resultam vários efeitos secundários.

Não se deve ingerir mais do que 300mg por dia e tendo em conta que um café expresso contém cerca de 100mg de cafeína, não se deve beber mais do que 3 cafés por dia. Os efeitos secundários mais comuns são: ansiedade, tremores, insónias, aumento do ritmo cardíaco, podendo também apresentar um efeito laxante.

Antes de ponderar as vantagens e desvantagens dos suplementos de/com cafeína, deve primeiro avaliar se vale a pena gastar dinheiro nesse suplemento. Isto porque o café já está mais do que presente na nossa dieta.

Efedrina

A Efedrina já foi o ingrediente mais popular dos produtos para emagrecer, mas devido aos riscos para a saúde tem vindo a perder expressão. A efedrina possui o mesmo efeito da adrenalina e leva a um aumento da agilidade, motivação e rendimento, acelerando ainda o metabolismo de forma a queimar mais gordura. Pode também inibir o apetite.

Os efeitos secundários mais comuns são: ritmo cardíaco mais acelerado e irregular, aumento da pressão arterial, insónias, náuseas, ansiedade e tonturas. Não tão comuns, mas existentes, são os casos de ataque cardíaco, derrame cerebral e morte. De referir também que a efedrina é viciante e que o corpo começa a ganhar tolerância à mesma, sendo necessário aumentar a dose para se obter o efeito desejado, o que leva a um maior risco de efeitos secundários.

Extrato de Chá Verde

O extrato de chá verde também é um produto conhecido e usual nos termogénicos, pois o chá verde também contém cafeína. Contudo, para além da cafeína, o chá verde é rico em antioxidantes.

Está comprovado que o extrato de chá verde aumenta a queima diária de calorias, no entanto, esse aumento é de apenas 80 calorias por dia quando são tomadas doses de 125mg a 500mg.

O extrato de chá verde não possui efeitos secundários, no entanto, se forem ingeridas doses elevadas poderá vir a sofrer dos efeitos secundários associados à cafeína.

Laranja-azeda

Os suplementos de extrato de laranja-azeda (citrus aurantium) possuem o composto sinefrina que é semelhante à efedrina. Segundo os fabricantes este também acelera o metabolismo, queima mais gordura e reduz o apetite. Contudo, este composto é muito mais fraco que a efedrina e, segundo os estudos científicos, não está provado que aumente a queima de gordura.

O extrato de laranja-azeda pode aumentar a pressão arterial.

Promoção da semana!